Um novo artigo sobre um viés comum que tem afetado o ativismo animal: A insensibilidade ao alcance

26 Sep 2019

Você já notou como é difícil visualizar a diferença entre quantidades muito grandes? Os psicólogos destacam que isso está relacionado a um viés cognitivo denominado “insensibilidade ao alcance”.

Esse viés tem consequências muito importantes no que diz respeito à prática do ativismo em defesa dos animais. Poderíamos ser levados a agir em favor de alguns animais, talvez porque a situação deles seja particularmente ruim ou porque seja relativamente fácil acabar com as causas do seu sofrimento, enquanto poderíamos salvar um número muito maior de animais escolhendo um outro curso de ação.

Este é um novo texto que explica em que consiste esse viés, qual a pesquisa mais importante realizada sobre o assunto, e por que devemos tentar evitá-lo:

Insensibilidade ao alcance: Falhando em estimar o número de seres que precisam de nossa ajuda

Com esse texto, damos início a uma nova série de artigos que abordam diferentes vieses cognitivos que muitas vezes tornam o nosso ativismo menos eficiente. Esperamos que seja interessante para você e que incentive a refletir mais profundamente sobre as melhores formas de se defender os seres sencientes.