Palestras e cursos da Ética Animal em diferentes países

29 Oct 2019

Em 2019 a Ética Animal concentrou os esforços em realizar trabalhos de investigação, mas também continuou com atividades de divulgação e criação de consciência, através de conferências em universidades e em diferentes eventos. Nos últimos meses, representantes de Ética Animal realizaram palestras em vários países, e as continuaremos nas próximas semanas.

Membros da Ética Animal envolvidos no mundo acadêmico colaboraram com várias universidades ministrando cursos sobre a consideração moral dos animais utilizando uma abordagem antiespecista. Esses cursos foram organizados de modo que os estudantes pudessem conseguir créditos universitários com a participação nos eventos. Desde agosto até dezembro, um membro da Ética Animal ministrará um curso com aulas semanais na Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC (Brasil). Além disso, durante outubro, outro de nossos porta-vozes apresentará um breve curso sobre a consideração moral dos animais na Faculdade de Direito da Universidade de Buenos Aires (Argentina). Planejamos expandir em breve nossa presença em outras universidades, prestando atenção especial àqueles países onde essas iniciativas possam ser desconhecidas. Esse trabalho continua uma série de conferências anteriores realizadas nos Estados Unidos, México, Espanha e Brasil.

Além disso, no domingo de 29 de setembro, Courtney Henry, ativista da Ética Animal, deu uma palestra na Conferencia EAGx em Sidney (Austrália), intitulada “Promovendo a preocupação pelos animais selvagens em nível internacional”.  Durante o mesmo fim de semana, no sábado, dia 28, outro membro da Ética Animal, Asher Soryl, falou na Conferência sobre Direito Animal da Nova Zelândia, na Universidade Tecnológica de Auckland. No dia 17 de outubro, a Ética Animal falou no evento pre-EAG enmLondres sobre ativismo pelos animales E, no dia 2 de novembro daremos uma palestra na Xuntanza Vegana, nas Astúrias, Espanha.

Em meses anteriores, porta-vozes da Ética Animal participaram em outros eventos. Realizamos uma palestra e uma oficina na conferência EAGx Nordics (Estocolmo). Ativistas da Ética Animal também falaram em diversos eventos acadêmicos em vários outros países, como o Congresso da Associação Europeia para Estudos Críticos de Animais, assim como seminários na Universidade de Bucareste (Romênia) e no Instituto Italiano de Filosofia (Nápoles). Fomos também representados em diversos festivais veganos, além de realizar palestras em escolas secundárias.

Ao longo dessas atividades foi possível perceber que o problema do sofrimento dos animais selvagens está cada vez mais conhecido entre os defensores dos animais e entre aqueles que tem interesse no altruísmo eficaz. Nossas palestras recentes que introduzem esse problema a estudantes e acadêmicos foram recebidas, em geral, de modo bastante positivo. Os defensores dos animais costumavam ter uma postura mais cautelosa sobre essa questão no passado, temendo que trabalhar nela pudesse impedir o progresso em outras áreas de defesa dos animais. No entanto, temos notado um avanço igualmente positivo a respeito dessa questão.

Também percebemos um aumento no interesse relacionado à apresentação do conceito de especismo e os argumentos a respeito, que também focamos em nossas palestras. Essa questão ainda é relativamente desconhecida entre o público universitário.

Continuaremos realizando esse trabalho de divulgação, dando ênfase na organização de cursos que possam proporcionar uma formação e desenvolvimento de capacidades para fazer ativismo sobre esses temas.