Top nav

Pensando imparcialmente sobre os animais: por que o especismo é injusto

Justice for animals

Imagine que você não soubesse se iria nascer como um humano ou como um animal não humano. Em que tipo de mundo você gostaria de viver? Você aceitaria um mundo onde houvesse desconsideração pelos animais não humanos? Ou você desejaria viver num mundo sem especismo?

Esse questão é levantada, e suas consequências exploradas, nesse novo artigo que convidamos você a ler:

Justiça plena: o que o véu da ignorância nos mostra sobre uma sociedade justa

Essa questão nos fornece um argumento poderoso para desafiar a discriminação contra os animais não humanos. Se pensarmos imparcialmente, rejeitaremos o especismo. Como a imparcialidade deve ser considerada um requisito da justiça, isso também mostra por que o especismo pode ser rejeitado como injusto. Dê uma olhada e pense sobre o assunto!

Comments are closed.

Top nav